A campanha We Have the Last Word no Instagram

  • A campanha We Have the Last Word no Instagram image 1

Escrito por:

Meu interesse em coquetéis começou quando a cena da coquetelaria artesanal explodiu. Eu fiquei fascinado pelos ingredientes e técnicas que bartenders utilizavam. A paixão cresceu e eu comecei a criar coquetéis em casa. Comprei livros e pesquisei sites, entre eles o Difford's Guide, para descobrir receitas e técnicas. Desenvolvi também uma paixão enorme pela história por trás de cada coquetel.

Durante minha pesquisa sobre receitas de coquetel, eu encontrei diversos drinks mencionados no contexto de variações do Last Word. Isso despertou minha curiosidade e me fez querer descobrir quantas versões de Last Word existem. Então, eu tive a idéia de criar uma campanha divertida com meus amigos no Instagram, para ver quantas variações poderíamos criar e publicar. Foi assim que descobri diversos perfis fabulosos no Instagram, de pessoas ao redor do mundo. Foi quando eu comecei a convidar o maior número possível de pessoas para participar da minha campanha.

Eu criei uma conta no Instagram chamada "We Have the Last Word', que também foi a hashtag que usamos (#WeHaveTheLastWord). A campanha começou em 01/04/2017 e correu por todo o mês.

Enquanto eu continuava planejando os detalhes da campanha, meu foco inicial começou a mudar. O impulso original era ver quantas variações do Last Word existiam, mas a campanha agora tinha assumido um significado diferente.

As palavras em que baseei foram:

Criar - Inspirar - Apoiar - Descobrir - Conectar

Criar algo incrível.
Inspirar com sua criação e ser inspirado pela dos outros.
Apoiar e encorajar um ao outro.
Descobrir novas contas de Instagram mundo afora.
Conectar e criar novas amizades.

A iniciativa começou devagar, com algumas pessoas empenhadas em enviar um post. Então, 50 pessoas comprometidas. Daí 100, 200 e, eventualmente, 300 pessoas se comprometeram a participar, quando ela começou em 1 de abril de 2017.

Como meu objetivo era que todos se divertissem, eu não coloquei restrição em relação às receitas criadas. Eu sei que os puristas da coquetelaria defenderão que uma variação verdadeira do Last Word deve conter Chartreuse, Maraschino ou ambos. Entretanto, eu não rejeitei nenhuma receita, a menos que não fosse claramente uma variação do clássico coquetel. Um exemplo de algo que eu não aceitaria é se alguém submetesse um Martini dizendo que era uma variação. Algumas receitas claramente esticaram os limites, mas eu queria que todos fossem tão criativos quanto pudessem.

Os resultados da campanha foram fenomenais. Apenas no primeiro dia, tivemos mais de 50 submissões. A cada dia, mais pessoas se juntaram a nós. Quem já havia enviado uma postagem queria enviar outra. As notícias sobre a campanha começaram a se espalhar. Não foi apenas o bartender caseiro que se envolveu: bartenders profissionais começaram a publicar usando a hashtag. Os bares e os restaurantes idem. Sites de coquetelaria, escritores, blogueiros, autores de livros sobre drinks, lojas de destilado, destilarias e marcas de bebida também se juntaram a nós. Todos os lados da indústria dos destilados estavam representados. A participação excedeu minhas expectativas mais loucas.

Ao final da ação, eu estava estupefato com a repercussão. Os números finais foram surpreendentes.

• 454 participantes.
• 941 posts.
• Atraímos mais de 2,865 seguidores.
• Nos EUA as postagens vieram de 36 states mais o District of Columbia.
• Globalmente foram participantes de 31 países e territórios.

O que foi verdadeiramente inspirador foi como a comunidade de coquetelaria se uniu. Novos relacionamentos foram formados. As pessoas começaram a se unir. Elas começaram a se inspirar umas nas outras, compartilhando informações, colaborando em projetos e apoiando e se encorajando. Vimos que o mundo é realmente muito menor quando podemos nos unir em torto de algo em comum. Mesmo se for apenas um coquetel.

O que começou como uma simples curiosidade sobre um coquetel e suas variações transformou-se verdadeiramente em um Evento Global de Coquetelaria.

Mostramos que, de fato, "We Have the Last Word!"

ency 68 image

Mike Yoshioka

×
  • Bem-vindo (a)
  • Receba atualizações com muita informaçãosobre bebidas, bares ecoquetéis
  • Por favor, confirme que você tem mais de 18 anos e insira seu email
  • Não obrigado, continue para o diffordsguide.com
CSS revision 9f548ff