Mai Tai - origem e receitas

  • Mai Tai - origem e receitas image 1

Escrito por:
Photography by: Dan Malpass

Um Mai Tai é basicamente um Daiquiri com base de rum envelhecido, licor curaçao de laranja e xarope de orgeat. O Mai Tai é o rei dos coquetéis Tiki e um dos mais duradouros de todos os coquetéis vintage. Mas, como a maioria dos drinks clássicos, existe uma controvérsia sobre a sua origem, enquanto a sua reputação é manchada por rendições ruins.

Receitas de Mai Tai

O Mai Tai é realmente um coquetel excelente, com a força e o caráter do rum harmoniosamente combinados com dulçor frutado, amêndoa e citrinos. Se equilibrado e bem feito, todos se juntam para criar um coquetel deliciosamente refrescante e saboroso.

A receita original de Trader Vic's, de 1944 é: "2 onças de 17-year old J. Wray & Nephew Rum; suco fresco de limão; ½ onça de Holland DeKuyper Orange Curaçao; ¼ onça de Trader Vic's Rock Candy Syrup e ½ onça de French Garier Orgeat Syrup. Bater vigorosamente, servir sobre gelo moído e decorar com ramo de hortelã."

Abaixo links para 3 versões: minha adaptação da receita de Trader Vic, minha própria versão e a receita de Don The Beachcomber:

Mai Tai de Trader Vic
Mai Tai de Don The Beachcomber
Mai Tai de Simon Difford

A história do Mai Tai

Em 1934, Victor Jules Bergeron, o Trader Vic, abriu seu primeiro restaurante em Oakland, San Francisco. Ele servia comida da polinésia com uma mistura de pratos chineses, franceses e americanos, preparados em fornos a lenha. Mas ele é mais conhecido pelos coquetéis à base de rum que criou e, particularmente, para o Mai Tai.

A história diz que uma noite, em 1944, ele testou uma nova receita com dois amigos do Tahiti, Ham e Carrie Guild. Após o primeiro gole, Carrie exclamou: "mai tai-roa", que em tahitiano significa "fora deste mundo - o melhor!" Assim, Bergeron batizou o coquetel de Mai Tai.

Outros, particularmente Ernest Raymond Beaumont-Gantt, então proprietário de um bar em Hollywood chamado Don the Beachcomber's, também reivindicou a criação desta bebida. Mas, como Vic diz em seu próprio Bartender's Guide: "Qualquer um que diz que não criei esse drink é um fedorento". Na verdade, ele diz um pouco mais e, devido à controvérsia em torno da origem, segue aqui um extrato de seu Trader Vic's Bartender's Guide Revised Edition 1972:

"Há muita conversa sobre o início do Mai Tai e eu quero esclarecer tudo de uma vez por todas. Eu criei o Mai Tai.

Muitos outros reivindicaram o crédito. Alguns afirmam que foi originado no Tahiti. Tudo isso agrava minha úlcera. O drink nunca foi apresentado por mim ao Tahiti, exceto informalmente pelos nossos bons amigos, Estham e Carrie Guild.

Em 1944, depois de sucesso com vários coquetéis exóticos de rum, senti que precisa de uma novidade. Pensei em todas as receitas realmente bem sucedidas: martinis, Manhattans, daiquiris...todas são basicamente simples.

Eu estava trabalhando no bar do meu restaurante em Oakland. Peguei uma garrafa de rum de dezessete anos. Era um J. Wray Nephew da Jamaica - surpreendentemente de cor dourada, de corpo médio, mas com o rico sabor picante das misturas jamaicanas. O sabor deste grande rum não era para ser dominado por adições pesadas de sucos ou aromas de frutas. Peguei uma limão fresco, adicionei um curaçao de laranja da Holanda, uma pitada de xarope de doces duros e um monte de orgeat francês, por seu sutil sabor de amêndoa. Eu adicionei uma quantidade generosa de gelo raspado e agitei-o vigorosamente à mão, para produzir o casamento que eu estava procurando. Metade da casca de limão entrou em cada drink por causa da cor. E eu coloquei um ramo de hortelã fresco. Dei os dois primeiros a Ham e Carrie Guild, amigos do Tahiti, que estavam lá naquela noite.

Carrie tomou um gole e disse: "Mai Tai-Roa Aé". No Tahiti isso significa "Fora deste mundo - o melhor". Bem, foi isso. Batizei o coquetel de "Mai Tai".

Ele teve grande aceitação nos anos seguintes, na Califórnia e em Seattle, quando abrimos um Trader Vic lá, em 1948.

Em 1953, peguei o Mai Tai e o levei para as ilhas do Havaí, quando visitei a Matson Steamship Lines para criar drinks para os bares de seus hotéis Royal Hawaiian, Moana e Surfrider. Qualquer velho Kamaaina pode falar sobre esse drink e sua propagação rápida pelas ilhas.

Em 1954, introduzimos o Mai Tai quando o incluímos entre outros novos coquetéis em um serviço de bar para a American President Lines.

Agora, estima-se que são servidos vários milhares de Mai Tais diariamente apenas em Honolulu. E vendemos muito mais do que isso diariamente, nos nossos vinte restaurantes Trader Vic em todo o mundo.

Qualquer um que diz que não criei esse drink é um fedorento.

A página seguinte conta com 2 receitas de Mai Tai:

ency 97 image

Trader Vic's Bartender's Guide 1972 Revised edition

A versão de Ernest Raymond Beaumont-Gantt para a criação do drink

Há quem diga que Ernest Raymond Beaumont-Gantt serviu pela primeira vez este drink em 1933, no seu bar Don The Beachcomber's, em Hollywood, Califórnia. Isso seria cerca de dez anos antes do Mai Tai de Bergeron.

Em seu livro de 2014 Potions of the Caribbean, Jeff Berry diz que Don "disse a Edward Brownlee [um escultor Tiki seu amigo] que Vic tinha realmente derivado o perfil de sabor do Mai Tai a partir de um ponche que havia experimentado e gostado no Beachcomber: "O QB Cooler foi a base para um drink que ele levou consigo e o chamou de Mai Tai". Fred Fung, que trabalhou como assistente executivo de Vic por 41 anos, discorda. "Vic copiou o visual do Don The Beachcomber's. Ele foi e copiou mesmo. Mas o Mai Tai, foi ele quem inventou e Carrie Guild o batizou".

O veredito & conclusão

Tal foi o sucesso do Mai Tai na crescente cadeia de restaurantes de Vic, que ele começou a comercializar uma mistura de Mai Tai engarrafada. Em 1970, ele processou Don por ter lançado uma Mistura Mai Tai do Don The Beachcomber's com um rótulo afirmando ser o criador do coquetel.

O caso foi ao tribunal, onde Vic foi forçado a revelar sua receita então secreta, publicando-a em um comunicado de imprensa de sete páginas, intitulado "Let's Get the Record Straight on the Mai Tai". Isso incluiu uma declaração juramentada da Carrie Guild, confirmando a história apresentada por Vic, que ele criou o coquetel em 1944 e que ela o batizou. Vic venceu o processo.

Na edição de 1976 de Helluva Man's Cookbook, Vic diz que "Nós criamos esse coquetel; nós fizemos o primeiro Mai Tai e o batizamos. Muitos bastardos em todo o país copiaram e registraram o nome como se fossem deles. Espero que tenham a varíola. Eles são um bando de bastardos, por copiar meu drink".

Enquanto Vic certamente copiou muito de Don, incluindo o conceito de seu restaurante - o que hoje chamamos de Tiki, parece claro que Vic criou o Mai Tai. Mas, independente de quem criou o Mai Tai, foi Trader Vic que o tornou famoso e é a receita dele que perdura até hoje.

×
  • Bem-vindo (a)
  • Receba atualizações com muita informaçãosobre bebidas, bares ecoquetéis
  • Por favor, confirme que você tem mais de 18 anos e insira seu email
  • Não obrigado, continue para o diffordsguide.com
CSS revision 9f548ff