Como abrir um champanhe & Sabrage

Escrito por:

"Demasiado de qualquer coisa é ruim, mas bastante champanhe é um direito", disse Mark Twain. Champanhe é o nosso preferido para celebrações, durante a época festiva e na véspera de Ano Novo. Mas há uma arte para abrir champanhe. Veja como.

Lentamente resolve

Um cientista alemão registrou a velocidade de uma rolha deixando estourando de uma garrafa de champanhe que havia sido vigorosamente mexida: 40 quilômetros por hora. Segundo ele, rolhas poderiam alcançar velocidades ainda mais altas se expostas ao calor. Portanto, é crucial ter cuidado.

Passo a passo

• Sua mão deve estar na rolha o tempo todo, independentemente de ter agitado ou não a garrafa.

• Remova todo papel laminado, não apenas o topo, mas também o pescoço.

• Coloque a mão sobre a gaiola de metal que cobre a rolha e estende-se para baixo, sobre o pescoço da garrafa. Mantendo sua mão firmemente em cima da gaiola, gentilmente desfaça o fecho de metal.

• Uma vez que a gaiola foi aberta, alguns preferem removê-la completamente. No entanto, você pode simplesmente afrouxá-la, pois algumas garrafas têm um monte de CO2 acumulado dentro, desesperado para sair. A remoção da gaiola pode fazer com que a rolha salte para fora.

• Removendo a gaiola ou não, é melhor neste momento usar uma toalha de chá seca. Repouse a garrafa ao seu lado e coloque uma mão sobre a rolha e posicione a outra segurando o pescoço firmemente.

• Aponte a garrafa longe de todos, incluindo você mesmo, caso a rolha de repente disparar.

• Você deve girar a garrafa em vez da rolha, que assim sairá com facilidade.

• A rolha começará a subir e a afrouxar neste ponto, tente não forçá-la. Quando ela sair, o som deve ser um suspiro ao invés de um estouro. O estouro que as pessoas associam com a abertura de champanhe pode parecer comemorativo, mas é um sinal de muito gás acumulou dentro da garrafa.

Sabrage

Para uma demonstração mais impressionante, não há maneira melhor de celebrar o Ano Novo do que cortar habilmente o topo de uma garrafa de champanhe, usando a arte tradicional de sabrage. Confira nosso vídeo com Simone Caporale demonstrando que você nem precisa de uma espada.

As dicas de Simone para um sabrage perfeito

• Certifique-se de que a garrafa está bem gelada e o pescoço congelado ao toque. Colocá-lo de cabeça para baixo em uma caçamba de gelo ou balde é uma maneira eficiente de conseguir isso.

• Retire toda a folha do gargalo da garrafa.

• Abra a gaiola e feche novamente na segunda borda da garrafa para que a gaiola saia com o topo da garrafa.

• Você precisará encontrar a linha de solda da garrafa: deve haver duas, uma em cada lado. Para executar o sabrage é necessário seguir estas linhas com a lâmina.

• Usando sua ferramenta, seja um sabre, uma faca, uma lâmina de barra, uma colher ou uma fivela de cinto, siga suavemente a linha, correndo a lâmina ao longo dela, aplicando uma pequena quantidade de pressão. O pescoço deve simplesmente pular pra fora.

Temperatura

Temperatura para degustar champanhe é absolutamente crucial. Se muito quente, a acidez vai subir para a superfície e as bolhas vão começar a dissipar. Muito frio e todo a personalidade do vinho será mascarada.

ency 32 image

A temperatura ideal para champanhe é entre 7-10 ° C. Estilos mais secos beneficiam-se de temperaura ligeiramente mais baixa e os mais ricos em sabores, de ligeiramente mais quente. Dito isto, preferência pessoal sobrepõe os padrões de servir, por isso, se você quiser beber o seu champanhe super gelado, vá em frente.

Copos

Flautas, coupes ou copos de vinho? Tradicionalmente, o champanhe é servido em taças longas e finas. A ideia é capturar e manter a efervescência do vinho no pescoço do copo, bem como os aromas delicados. Isso funciona na maioria dos casos, mas não serve para champanhes mais encorpoados.

Você pode preferir beber champanhe em pequenos copos em forma de tulipa, pois permitem um pouco mais de ar no vinho. Há, naturalmente, os coupes antigos, que parecem muito glamurosos. Infelizmente, eles não fazem muito pelo o champanhe, pois o gás evapora muito rapidamente. Na verdade, de acordo com pesquisas, ambos estão errados e seria melhor beber champanhe em algo mais parecido com um copo de vinho. O problema com essas duas formas é que elas não permitem que as bolhas funcionem corretamente.

ency 63 image

À medida que sobem para o topo, bolhas induzem padrões de fluxo dentro do champanhe, efetivamente mexendo o líquido e mudando o sabor. Em um flute, no entanto, enquanto as bolhas misturam o líquido melhor do que na taça coupe, a abertura estreita concentra demais o CO2 e irrita o nariz. Temos receptores de dor para altos níveis de CO2 e as bolhas que saem de uma flute ativam-nos em nosso nariz e boca, afetando assim os aromas e o sabor.

Uma coupe, por outro lado, irá diluir o efeito do CO2 sobre o nariz, mas também irá minimizar a capacidade das bolhas de trazer sabores e aromas para a superfície. Há também uma tendência de alguns sommeliers servirem champanhe em copos de vinho convencionais.

Safras soberbas e antigas podem até se beneficiar de decantação antes de servir, pois o vinho pode precisar de um pouco de aeração e a exposição não matará as bolhas.

  • Como abrir um champanhe & Sabrage image 1
×
  • Bem-vindo (a)
  • Receba atualizações com muita informaçãosobre bebidas, bares ecoquetéis
  • Por favor, confirme que você tem mais de 18 anos e insira seu email
  • Não obrigado, continue para o diffordsguide.com
CSS revision f3628e6