Vodka na Rússia

  • Vodka na Rússia image 8187

Escrito por:

Acredita-se que os russos produziam uma espécie de destilado desde o final do século IX. Assim como os primeiros destilados feitos na Polônia, provavelmente foram feitos congelando-se vinho ou hidromel. A primeira destilaria Russa registrada, em Khylnovsk, a 500 milhas ao leste de Moscou, apareceu no Vyatks Chronicle de 1174.

No século 14, a vodka já estava bem estabelecida na Rússia: um embaixador britânico em Moscou na época descreveu a vodka como a bebida nacional russa.

Até meados do século 15, era comum congelar a vodka russa para remover impurezas e depois clarificar por precipitação usando isinglass (uma gelatina encontrada em peixes). Em 1450, a destilação em alambique tornou-se mais comum, mas era ainda comum remover as impurezas pela precipitação usando o isinglass, o leite ou a clara de ovo. As primeiras exportações de vodka russa para a Suécia ocorreram em 1505.

O uso de vodka para fins medicinais é mencionado na terceira Crônica Novgorod de 1553, que cita "zhiznennia voda" ou "água da vida". Os compêndios farmacêuticos russos da época usam o termo "vodka de vinho de pão" e "vodka na metade de vinho de pão" (водка хлебного вина vodka polu khlebnogo vina). Isto implica que o termo vodka poderia ser um substantivo derivado do verbo vodit', razvodit' (водить, разводить), "diluir com água". Vinho de pão era uma bebida destilada de álcool feito de grãos (em oposição ao vinho de milho) e, portanto, "vodka de vinho de pão" seria uma bebida da diluição de água de grão destilado.

Em 1716, Pedro o Grande, neto de Michael Romanov e o primeiro Imperador de toda a Rússia, concedeu à aristocracia e aos principais comerciantes direitos exclusivos para produzir a vodka, mas, em um século, os níveis de produção de mais de 5.000 destilarias haviam saído de controle. Na tentativa de controlar a embriaguez e aumentar os impostos para combater a Guerra Patriótica, o governo impôs um monopólio estatal sobre a produção e distribuição de vodka em todo o império russo, em 1812. O monopólio não se estendeu à Sibéria, onde tais controles eram inaplicáveis.

Os russos atribuem a invenção da filtragem em carvão vegetal a um químico do século XVIII, Theodore Lowitz, que em 1780 foi autorizado pelo Czar a tornar a bebida nacional mais higiênica. Sua técnica de filtrar a vodka através de carvão feito de madeira carbonizada (processo que os suecos e poloneses também reivindicam) ajudava a remover contaminantes e a produzir uma vodka mais cristalina.

Em 1894, Alexander III ordenou Dmitri Mendeleev, professor de Química na Universidade de São Petersburgo e criador da Tabela Periódica, a pesquisar formas de melhorar ainda mais a qualidade da vodka. Ele estudou a correlação entre o álcool e a água na vodka. A partir disso, afirmou que o teor alcoólico ideal da vodka era de 40%. Em 1896, as recomendações de Mendeleev foram adotadas pelo governo como padrão para a vodka russa.

Apesar da crescente tributação estatal, a vodka tornou-se parte integrante da vida russa - alguns até consideram a proibição do álcool durante a Primeira Guerra Mundial como um fator desencadeante para a Revolução Russa de 1917. A revolução transformou a paisagem nacional: os bolcheviques confiscaram e nacionalizaram todas as empresas privadas e a indústria de destilação não foi exceção. A destilaria de Smirnov tornou-se uma garagem pública.

Ao longo da era da União Soviética, a vodka era comercializada através da "Sojuzplodoimport", uma empresa estatal, que durante o período da Guerra Fria exportava para o Ocidente de forma extremamente limitada. Desde o colapso da União Soviética e apesar de um ambiente comercial desafiador, que incluiu confrontos armados entre rivais produtores, várias empresas Ocidentais investiram na Rússia e empresários locais também seguem produzindo excelentes vodkas.

A vodka russa tende a ser destilada do trigo e, consequentemente, apresenta um leve toque de anis. Muitas vezes é adoçada com uma pequena quantidade de açúcar ou mel.

×
  • Bem-vindo (a)
  • Receba atualizações com muita informaçãosobre bebidas, bares ecoquetéis
  • Por favor, confirme que você tem mais de 18 anos e insira seu email
  • Não obrigado, continue para o diffordsguide.com
CSS revision 6330cf5