Bartenders em Casa - Emily Cristina

Escrito por Emily Cristina

Bartenders em Casa - Emily Cristina image 1

Oi, pessoal! Tudo bem? Sou a Emily, natural de Pernambuco e como uma boa pernambucana, boto muito calor e amor em tudo que faço. Sou gastrônoma com aqueles dois pés no bar e atualmente desenvolvo um projeto chamado Apartamento do Salve, onde falo um pouco mais sobre gastronomia e coquetelaria acessível, para quem quer começar a fazer cocktails, produzir seus próprios insumos e utilizar ingredientes simples, mas usando várias técnicas. Então, bora comigo?

Shrub de acerola + Coquetel Conterrâneo

O insumo dessa semana terá como ingrediente principal a acerola. As acerolas são frutas nativas das Ilhas do Caribe e sua história pelo Brasil iniciou em Recife, nos anos 50, quando sementes vindas de Porto Rico foram introduzidas na região, pela Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE.
A primeira plantação extensiva de acerola no país foi na cidade de Paudalho, próxima a região metropolitana do Recife, que nos anos 90 se transformou na “Acerolândia”, o museu da acerola. Além disso, é possível encontrar no local produtos de toda sorte produzidos a base da fruta.
Como pernambucano é bairrista, inspirei-me na história dessa fruta e desenvolvi um Shrub de Acerola. Segue a receita:

ency 30 image

Para preparar é só colocar as acerolas e o açúcar em um pote com tampa, macere levemente (pra soltar o suco) e deixe descansar por 24 horas na geladeira. Depois disso, você terá um xarope e, para transformar em shrub, basta adicionar o vinagre de sua preferência (para esta receita utilizei o aceto balsâmico). Coe em um filtro de papel ou de pano e adicione o ácido cítrico. Para um shrub com mais sabor avinagrado, exclua o ácido cítrico e adicione mais ½ copo de vinagre.

Vamos ao coquetel:
CONTERRÂNEO

ency 22 image

Aqui se deu, se plantou e se colheu
4O ml de gin
30 ml de shrub de acerola
1 dash de bitter
Completar com água com gás
Guarnição: Twist de laranja
Modalidade: Montado
Finalidade: Refrescante
Categoria: Fizz

Veja essa e outras receitas no Instagram Apto do Salve.

Vinho Herbal

As ervas de forma geral estão presentes em grande parte das cozinhas brasileiras, seja como tempero ou em usos medicinais. Na sabedoria popular, o hábito de infusionar ervas em bebidas alcoólicas tinha como finalidade curar doenças, como é o caso das tradicionais garrafadas. Assim também surgiram os vermutes, mas ao decorrer da história, tornaram-se bebidas que o consumo nada mais tinha ligação com suas propriedades de cura.

Inspirada pelas garrafadas, vermutes e todo o leque sensorial facilitado pelas ervas, a terceira receita será um preparo a base de ervas e vinho rosé, batizado aqui como Vinho Herbal. Seu preparo é simples e com ervas presentes no nosso cotidiano.

ency 50 image

O preparo foi feito através da técnica de maceração alcoólica, então, basta adicionar as ervas ao vinho e infusionar por pelo menos 24 horas em um recipiente com tampa, em geladeira. Após esse período, coe e está pronto para uso.

Essa receita é bem versátil e pode ser feita com qualquer estilo de vinho, seja rosé, tinto ou branco e com a variedade de ervas que sua imaginação e criatividade permitir, é necessário apenas analisar o perfil aromático do vinho escolhido e selecionar as ervas que valorizem os seus sabores e aromas.

Vamos ao coquetel:

ency 98 image

Em homenagem ao mês do orgulho LGBTQIA+, este cocktail leva o nome de Marsha P. Johnson - mulher trans preta - uma das vozes propulsoras das lutas por direitos civis, sociais e políticos da população LGBTQIA+.

Este cocktail é preparado em duas fases, na primeira, faça cubos de gelo do vinho herbal. Na sequência, em um mixing glass adicione:
- 30ml de gin
- 20mL de cordial de limão siciliano (para a receita: Instagram Apto do Salve )
- 10ml de sumo de limão
- Cubos de gelo.
Mexa e com a ajuda de um strainer, verta o líquido em um copo com as pedras de gelo de vinho herbal
O interessante de utilizar o vinho como gelo é que os aspectos sensoriais da bebida vão mudando de acordo com a diluição. Além de gelo, você também pode fazer uma granita, a famosa raspadinha, para finalizar.

Para ver o vídeo desta receita, acesse o Instagram Apto do Salve

Quentão e licor de banana

Dando continuidade, esta é a segunda receita da nossa série. Hoje vamos usar a banana, um ingrediente muito consumido e presente em todos os mercados e feiras desse Brasil. Com ela vamos fazer um licor. Para esta receita, utilizei os ingredientes da imagem abaixo:

ency 45 image

Agora vamos ao preparo:
Com uma panela em mãos, adicione o açúcar e a água e coloque em fogo médio até que vire um xarope.
Deixe cozinhar por 5 min e adicione as bananas amassadas. Cozinhe por 10 minutos e deixe esfriar. Nessa etapa, uma opção é deixar cozinhar por mais tempo, pois o sabor final será mais semelhante a um doce de banana bem caramelizado.
Com a base já pronta, adicione a vodka e reserve em um recipiente com tampa. Deixe o licor descansar por, no mínimo, 24 horas.
Após este período, coe o líquido em um coador de papel ou pano, passe para uma garrafa com tampa e misture o ácido cítrico. Está pronto o seu licor de banana!

E para não perder nada dos nossos insumos, as sobras de banana podem ser utilizadas para fazer uma bala, veja a receita: canal no YouTube

Com o licor pronto, vamos preparar uma bebida quente, para aquecer aquelas noites frias com muito sabor. Alguns diriam que é o Hot Toddy brasileiro, o quentão!

Muito presente nos festejos juninos e entre os meses de inverno, o quentão é encontrado servido com vinhos em regiões mais ao sul do país e com cachaça em regiões como o Centro-Oeste e o Nordeste.

Vamos preparar o nosso com cachaça!

ency 79 image

Eu gosto dessa preparação por alguns motivos: primeiro, porque ela é descomplicada; segundo porque não tem receita exata, é como receita de família, cada uma tem a sua e faz de acordo com os ingredientes disponíveis e, terceiro, é um belo coquetel para grupos, estilo ponche.

Para o preparo é preciso seguir algumas etapas, então vamos a elas:

1º Preparo da infusão:
Faça uma infusão em água com ervas, especiarias e frutas que você tiver em casa. Algumas sugestões são: canela, anis, cravo-da-índia, anis estrelado, capim-santo, cumaru, erva-cidreira, erva-doce, cascas de cítricos, pimenta-da-jamaica, maçã, pêra.
Em seguida, adicione cachaça à sua infusão. Utilizei o padrão de 30 ml de cachaça a cada 100 ml de infusão.
Feito isso, deixe a panela tampada por alguns minutos para que todos os sabores se misturem.
Como iremos utilizar o licor de banana nesta receita, optei por não adoçar a infusão, mas caso goste de um docinho a mais, acrescente nessa etapa algum agente adoçante, como o açúcar ou mel.

2º Preparo e montagem:
Em uma jarra, coloque 600 ml da infusão com cachaça, não precisa coar. Vai com os pedaços de frutas, ervas e especiarias.
Acrescente 360 ml do licor de banana.

3º Para servir:
Por último, mas muito importante, quando servir a bebida na xícara, acrescente algumas gotas de limão. Beba com moderação!

Guarnição: ervas, especiarias e frutas.
Modalidade: Montado
Finalidade: para aquecer
Categoria: Toddy

Cold Brew

A primeira receita dessa série é o Cold Brew, um café extraído a frio ou seja, não entra em contato com água quente em seu processo de preparo. Um método simples e prático de produzir essa bebida tão consumida, de forma refrescante.

Esta receita será feita por proporções, então pode escolher o padrão de medida que quer utilizar, mantendo a proporção de 1/7(café:água), caso não tenha balança. Veja na imagem abaixo as quantidades para preparo de aproximadamente 150 ml desta bebida.

ency 36 image

Preparo:
- Adicione todos os ingredientes em um recipiente e mexa com o auxílio de uma bailarina.
- Cubra o recipiente com um pano ou tela e deixe o líquido descansar por 12 horas.
- Após o descanso, coe o líquido no método de filtragem de sua preferência. Lembrando de manter a moagem do grão ideal para cada método de extração.

E está pronto o seu cold brew. Nesta receita, gosto de deixar o café em temperatura ambiente para iniciar um processo fermentativo, que levanta a acidez da bebida final.

E para completar, vou te ensinar um cocktail com o seu cold brew. Segue o fio:
GRÃO

ency 75 image

50 ml de rum envelhecido
40 ml de cold brew
30 ml de leite vegetal de amendoim
1 dash de óleo saccharum de laranja e pimenta-do-reino
Guarnição: Caramelo de açúcar ou twist de laranja.
Modalidade: Batido
Finalidade: Digestivo
Categoria: Short drink

Join the Discussion


... comment(s) for Bartenders em Casa - Emily Cristina

You must log in to your account to make a comment.

Report comment