Bartenders em Casa - Chris Machado

Escrito por Chris Machado

Fotos por Chris Machado

Bartenders em Casa - Chris Machado image 1

Meu nome é Chris Machado, paulistana, bartender há 10 anos.
Comecei a minha carreira em Curitiba, passando pelo Vox Bar, Dobrucki Pub e Layout 80. Retornando a Sampa, passei pelas barras do Biri Night, Garrafas Bar e Seen São Paulo.
"Amo a coquetelaria clássica e acredito também na coquetelaria atual, agregada de insumos artesanais e valorização das nossas riquezas brasileiras."

E para finalizar a minha participação do Bartenders em casa, trago um coquetel novamente enfatizando o que nos temos de mais rico no nosso país, que são os nossos povos, nossas lendas, nossas bebidas, fauna e flora.

O Coquetel SOLUNA, conta a sobre a Lenda dos Índios Bakairi, de “Como o Sol e a Lua foram morar no Céu”. Um coquetel com base de Tiquira, destilado extraído da nossa raiz, a Mandioca, o sabor intenso e ácido do Cupuaçu, finalizado com uma crusta no copo de açúcar de Cumaru, a nossa “baunilha brasileira”.

“...Conta a lenda que há muitos e muitos anos... , o Sol e a Lua habitavam na terra e tinham como vizinhos os pássaros selvagens. Estes pássaros possuíam muitas águas armazenadas em potes, o Sol e a Lua estavam sedentos e pediram a eles um pouco desta água, que desconfiados lhes negaram.
Então... Sol e Lua resolveram roubar um dos potes de água e se esconderem em uma cabana na floresta. Os pássaros ficaram furiosos, os encontraram e os ameaçaram com seus grandes bicos.
O Sol foi ficando bravo, muito bravo e esquentando cada vez mais, e para se protegerem do calor os pássaros desesperados abanavam-se com suas grandes asas fazendo uma ventania tamanha que o Sol e a Lua subiram para o céu... Aonde vivem até hoje.”

SOLUNA

ency 48 image

50 ml Tiquira
10 ml Vermouth Dry
40 ml purê de cupuaçu
10ml sumo de limão tahiti
25 ml de xarope de mel de laranjeira
Crusta de açúcar de Cumaru no copo para aromatizar
Flor crisântemo para enfeitar
*Coquetel batido, copo longo, Gelo britado por cima

*Xarope de Mel de laranjeira
200 ml mel de laranjeira
100 ml de água
Em uma panela no fogo baixo dilua o mel na água e espere esfriar.

NEGRONI SBAGLIATO

Olá pessoal!
Desta vez aqui no Bartenders em Casa presto minha homenagem aos italianos que vivem aqui em São Paulo e à família da minha mãe, Rossi e Gianni, que vieram da Itália em 1890 aqui para o Bairro da Lapa.

O Negroni Sbagliato (que significa engano em italiano) foi criado pelo dono do Bar Basso, Mirko Stocchetto em Milão. Ao preparar um Negroni, ele distraidamente usou Prosseco no lugar do gin e daí nasceu o Sbagliato.
Tenho somente a agradecer esse erro, pois o coquetel é refrescante e tem o amargor do Negroni que gostamos. Grazie!

Quero ver você fazendo em casa:
30ml Campari
30ml Vermouth Rosso
30 ml de espumante Cave Amadeu Brut
Um gomo de laranja para aromatizar e decorar
Coquetel Montado, copo baixo com gelo

Assista no meu Instagram o vídeo com o preparo do Negroni Sbagliato

LOGUNAN

ency 49 image

As lendas dos Orixás da Umbanda e Candomblé nos mostram a criação do Mundo. Olorum criou o mundo e percebeu que a vida não existia nela: era como se as coisas estivessem estáticas, uma paisagem rica e bela, sem a beleza do existir.Não se tinha passado, presente e futuro, nada acontecia.
Foi daí que Olorum decidiu criar Logunan, que, com sua energia, deu movimento as coisas. Com ela, o tempo surgiu e a existência se manifestou. Onde através do passado alimentamos o presente para a projeção do futuro. Assim tudo começou a girar com a sincronia da roda da vida.

Este é um coquetel forte em sabores, aromas e muita refrescância, inspirado na coquetelaria Tiki.

Saúde à vida!

LOGUNAN
40 ml de rum Bacardi Carta Blanca
30 ml de cachaça Marc 40 (envelhecida em Carvalho)
30 ml mix cítrico de limão tahiti e limão cravo
15ml xarope de amêndoas
10 ml de geléia de maracujá
30 ml purê de manga caramelizado
Coquetel Batido, copo Tiki, gelo britado por cima

Produtos artesanais:
Geléia de maracujá
300g de polpas de maracujá
270g açúcar demerara
15ml de suco de limão Tahiti
Misture os ingredientes e leve ao fogo de 20 a 25 minutos, até chegar o ponto de geléia.

Purê de manga caramelizado
Corte a manga em fatias, polvilhe com açúcar demerara os dois lados e em uma chapa caramelize as fatias de manga, espere esfriar e bata no liquidificador com pouca água.

BODE FASHIONED

ency 41 image

Para a minha versão do coquetel Old Fashioned escolhi a cachaça envelhecida em Barril de Carvalho, remetendo ao sabor do clássico, mas usando da nossa raiz etílica para o coquetel ficar mais intenso e brasileiro.
O xarope de "quebra queixo" vem da nossa tradição gastronômica, trazendo o gosto de caramelo forte misturado com o óleo do coco, dando dulçor e corpo ao coquetel.
Finalizo essa arte dando um toque cítrico e picante extraídos da casca da mexerica e da pimenta de bode, tradicional do Nordeste do Brasil.

BODE FASHIONED
75 ml de cachaça Marc 40 (Carvalho americano)
10 ml de xarope de quebra queixo
1 dash de Angostura bitter
2 borrifadas de Perfume picante de casca de mexerica e pimenta de bode
• Casca de mexerica e pimenta de bode desidratados para decorar
• Coquetel mexido, copo baixo, acompanha gelo.

INSUMOS ARTESANAIS
*Xarope de Quebra Queixo*
180 g de açúcar
180 ml água
30 ml suco de limão
130 g Coco fresco ralado
Após o açúcar derreter e ficar uma calda levemente com cor de caramelo acrescente o coco e mexa até ficar mais escuro, calda mais grossa. Desligue e deixe esfriar.
Na panela acrescente 150 ml de água até derreter o quebra queixo e bata no liquidificador. Coe e retorne ao fogo por mais 2min. Coe após a fervura.

*Perfume picante de casca de mexerica e pimenta de bode*
200 ml de álcool neutro
60 g de casca de mexerica limpa e picada
15 pimentas de bode sem semente
Em um um recipiente de vidro, coloque os ingredientes, vede a tampa e deixe por no mínimo 5 dias em local escuro, mexendo o conteúdo uma vez por dia. Coloque em um borrifador depois de coado.

Join the Discussion


... comment(s) for Bartenders em Casa - Chris Machado

You must log in to your account to make a comment.

Report comment