Como servir e degustar sake

Escrito por:

Provavelmente a bebida mais famosa do Japão, o sake tem seu próprio dia oficial, 1o. de outubro, para comemorar o início da temporada de produção. Comumente referido como um "vinho de arroz", sake é fabuloso com peixe, sushi e petiscos salgados. Também é fenomenal em coquetéis e harmoniza bem com qualquer destilado.

Servindo sake

Há uma longa tradição de beber sake quente - especialmente no inverno. No entanto, desde a década de 20, os avanços na tecnologia de fabricação, melhores cepas de levedura e o uso de aço inoxidável, criaram saquês tão delicados que podem ser danificados pelo calor. A maioria dos sakes com arroz moído a menos de 60% do seu tamanho original deve ser bebido gelado, para melhor apreciar seus sabores sutis (a menos que o fabricante afirme o contrário no rótulo). No entanto, os do estilo Junmai mais robustos podem ser deliciosos quando servidos quente, especialmente se os métodos kimoto ou yamahai tiverem sido utilizados, para aumentar a sua acidez e profundidade. O calor aumenta a acidez, corpo e intensidade.

Sake deve ser armazenado em um lugar fresco, fora da luz solar direta, e geralmente bebido em no máximo um ano após o engarrafamento. Quanto mais cedo for apreciado após o engarrafamento, melhor. Sake pasteurizado não "estraga", mas é provável que fique descolorido, envelhecido e oxidado quando mantido por muito tempo.

Sake não cria sedimentos e, portanto, não requer decantação. Uma vez aberto, ele deve ser bebido o mais cedo possível, embora tenda a durar mais do que o vinho. A maioria das garrafas abertas de sake vai durar uma a duas semanas, se refrigerado.

Muitas das marcas dos EUA (particularmente SakeOne em Oregon e Takara na Califórnia) fazem sakes que são infundidos com sabores como framboesa e pêra. No Japão, há bebidas tradicionais feitas com ameixa ume e yuzu cítricos, embora não sejam legalmente sake.

No Japão, o sake é tradicionalmente servido para celebrar feriados sazonais ou eventos especiais usando um frasco de porcelana ("tokkuri") e pequenos copos de barro ("o-choko") ou caixas de madeira ("masu"). A etiqueta japonesa para tomar sake pode parecer complexa, mas a maioria de japoneses são também muito compreensivos com os erros dos estrangeiros. Geralmente, você não deve servir seu próprio sake - embora você deva servir para outras pessoas e levantar seu copo quando alguém servir você. E você geralmente não deve recusar uma bebida se o seu anfitrião ainda está bebendo e oferecer-lhe mais. Para indicar que você já está satisfeito, vire sua xícara.

ency 47 image

Apreciando sake

Muitos dos aromas e sabores frequentemente encontrados no sake são resultado da levedura e fermentação. A levedeura gera diversos sabores de frutas frescas, particularmente maçãs vermelhas e verdes, pêras, morangos, bananas, melão, pêssego e uvas Muscat. Outras notas incluem ervas, gramíneas e elementos de noz, bem como o inevitável arroz cozido.

Sake também tem notas doces e azedas, embora o nível geral de acidez seja muito menor do que o do vinho. O final pode variar dramaticamente em seu comprimento. Enquanto finais longos e complexos são desejáveis ​​em alguns estilos (especialmente o robusto junmai e alguns envelhecidos), outros sakes são fabricados para ter um final curto e limpo, fruto de grande habilidade na produção.

Visite o site da WSET (The Wine & Spirit Education Trust)

  • Como servir e degustar sake image 1
×
  • Bem-vindo (a)
  • Receba atualizações com muita informaçãosobre bebidas, bares ecoquetéis
  • Por favor, confirme que você tem mais de 18 anos e insira seu email
  • Não obrigado, continue para o diffordsguide.com
CSS revision 70aece5