Rota Bacardi dos 3 ingredientes - Caipirinha

Escrito por Marcelo Sant'Iago

Rota Bacardi dos 3 ingredientes - Caipirinha image 1

Em uma parceria com a Bacardi, visitamos 19 bares para experimentar 5 coquetéis clássicos feitos com 3 ingredientes: Caipirinha, Daiquiri, Dry Martini, Espresso Martini e Scotch Highball. Veja o que descobrimos sobre Caipirinha e conheça as receitas de cada bartender.

Como uma forma de incentivar os coquetéis com 3 ingredientes, fizemos uma parceria com a Bacardi para visitar alguns dos principais bares de São Paulo e "desafiamos" bartenders a preparar a versão tradicional de 5 coquetéis emblemáticos: Caipirinha (com cachaça Leblon), Daiquiri (com rum Bacardi), Dry Martini (com gin Bombay Saphire), Espresso Martini (com vodka Grey Goose) e Scotch Highball (com Dewar's blended scotch whisky).

ency 55 image

Comigo nessa rota estiveram Marcelo Cury e Suemi Uemura, ambos discerning drinkers frequentes nos balcões da cidade.

QUEM PARTICIPOU

Cada bartender preparou dois coquetéis dentre os 5 da lista. Visitamos os bares em data pré-agendada e com os drinks já distribuídos entre 19 bartenders. O pedido era sempre pela receita clássica, mas teve gente que acabou criando sua própria versão.

Alexandre Arruda, do Porto Luna (Caipirinha, Dry Martini)
Alexandre D'Agostino, do Apothek (Dry Martini, Scotch Highball)
Alice Guedes, do Guarita (Caipirinha, Daiquiri)
Amauri Silva, da Veridiana Jardins (Caipirinha, Daiquiri)
Chris Machado, do Seen (Caipirinha, Daiquiri)
Eduardo Tavares, do Guilhotina (Daiquiri, Espresso Martini)
Elen Souza (Daiquiri, Espresso Martini)
Felipe Leite, do Bar do Jiquitaia (Caipirinha, Daiquiri)
Gabriel Santana, do Benzina (Daiquiri, Scotch Highball)
José Ronaldo, do Sub Astor (Dry Martini, Scotch Highball)
Marcos Félix, do Olívio/Fortunato (Caipirinha, Espresso Martini)
Paulo Corghis, do Camden House (Dry Martini, Scotch Highball)
Rafael Domingues, do Frank (Caipirinha, Dry Martini)
Rafael Welbert, do Balaio IMS (Caipirinha, Daiquiri)
Ricardo Basseto, do D.O.T. (Espresso Martini, Scotch Highball)
Rodolfo Bob (Espresso Martini, Scotch Highball)
Rogério Frajola, do Sylvester (Daiquiri, Dry Martini)
Thiago Pereira, do Tessen (Dry Martini, Espresso Martini)
Zulu, do Candeeiro (Daiquiri, Scotch Highball)

Lembrando que não é um campeonato, nem fizemos um ranking. A única regra era respeitar os 3 ingredientes. Uma mistura de ingredientes preparada com antecedência foi considerada como um único ingrediente. Assim, tomamos drinks com vermute infusionado, com blend de café e outras combinações, todas igualmente deliciosas. As receitas serão apresentadas em ordem alfabética pelo nome de cada bartender.

CAIPIRINHA

O mais brasileiro dos coquetéis é o único a constar na lista da Internacional Bartenders Association, graças ao trabalho de “Mestre” Derivan de Souza, bartender até hoje na ativa e que presidiu a Associação Brasileira de Bartenders nos anos 90. Ele brigou para a receita com cachaça e não com vodka ser a oficial, durante a convenção da entidade de 1993, em Hamburgo.

A Caipirinha faz parte da família Sour: leva destilado, um ingredientes cítrico e um elemento doce. Na nossa lista de coquetéis com 3 ingredientes, dois são Sour: além da Caipirinha, o Daiquiri.

É consenso que ela surgiu no interior de São Paulo, porém há quem defenda que ela vem de uma popular mistura medicinal contra a gripe espanhola com limão, alho e mel. Outra corrente, sem comprovação histórica, diz que é uma variação da popular mistura dos marinheiros ingleses contra escorbuto, que levava rum ou, no caso dos oficiais, gin (que deu origem ao Gimlet).

A principal coisa que notamos em nossa rota foram as diferentes formas de preparar e servir. Tem quem sirva no copo Collins, outros no Old Fashioned; com gelo em cubos, britado ou os dois; com canudo e sem canudo; variação no tipo e quantidade de açúcar; a forma de cortar o limão também muda, assim como a quantidade de fruta utilizada. Onde não há dúvidas é no uso de cachaça, claro.

Nossa pedida foi uma Caipirinha tradicional com limão, mas houve quem desse um toque autoral: Felipe Leite, por exemplo, usou Caju; Rafael Welbert optou por um mix de limões e usou um delicioso açúcar da casa temperado com especiarias. Já Amauri Silva adoçou a sua com uma surpreendente mistura de rapadura com camomila.

"Não houve grandes surpresas aqui: experimentamos Caipirinhas deliciosas, como era de se esperar", disse Marcelo Cury.

Segundo Suemi Uemura, "os diferentes formatos na apresentação poderia ser motivo de debate por parte dos mais puristas. Mas, no fundo, é apenas um toque pessoal de cada bartender".

De fato, a cachaça Leblon mostrou sua versatilidade e combinou perfeitamente com todas as receitas, das mais tradicionais até as autorais.

O que descobrimos foi: há Caipirinha para todos os gostos. E isso é bom.

RECEITAS

Alexandre Arruda, do Porto Luna
"Servimos em copo longo, por isso a dose generosa"
75ml cachaça Leblon
1 limão Tahiti em rodelas
25ml Xarope Açúcar 1:1
Gelo em cubo e gelo britado por cima
Servida em copo Collins com canudo

Alice Guedes, do Guarita
"Temos muito orgulho de nossas Caipirinhas. Caipirinha aqui é sagrada"
70ml Cachaça
15ml xarope 2:1
1 limão Tahiti em rodelas
Servida no copo Rocks

Amauri Silva, da Veridiana Jardins
"Esta é uma receita autoral que servimos na casa, chamada Caiana"
70ml cachaça
1 limão Tahiti cortado em cunha
4 bailarina rapadura temperada com camomila
Servida em copo Collins

Chris Machado, do Seen
"O formato que cortamos o limão ajuda no melhor aproveitamento do sumo"
60ml cachaça Leblon
15ml xarope de açúcar
1 limão Tahiti cortado ao meio e depois diametralmente, sem separar os gomos
Servida em copo Old Fashioned

Felipe Leite, do Jiquitaia
"Adoramos caju aqui no Jiquitaia"
50ml cachaça Leblon
1 Caju fresco
10g açúcar
Servida no copo Rocks

Marcos Felix, do Olívio e Fortunato
“Aprendi essa receita no tempo que trabalhava em um restaurante Tailandês, no início da minha carreira"
70ml Cachaça Leblon
1 limão cortado ao meio e em cunha
20ml Xarope simples
Gelo em cubo e britado
Servida em copo Collins com canudo de macarrão

Rafael Domingues, do Frank Bar
"Por termos muitos clientes estrangeiros, Caipirinha é um drink bem pedido"
60ml cachaça Leblon
1 limão cortado em 4 gomos
20 xarope de açúcar 2:1
Gelo triturado
1 talo de cana de açúcar para mexer
Servida em copo Old Fashioned

Rafael Welbert, do Balaio IMS
"Esta receita autoral é muito popular"
70ml de cachaça Leblon
1/4 de limão Tahiti
1/4 de limão cravo
1/4 de limão siciliano
1 colher de sobremesa de açúcar da casa com especiarias (cravo, cascas de saccharum, canela, cardamomo)
Servida em copo Collins

Veja também:
href="/encyclopedia/2350/br/cocktails">Rota dos 3 ingredientes Bacardi - Daiquiri

Rota Bacardi dos 3 ingredientes - Scotch Highball
Rota Bacardi dos 3 ingredientes - Espresso Martini
Rota Bacardi dos 3 ingredientes - Dry Martini

ency 76 image

Simon Difford prefere a sua em copo Highball