Blue Blazer

Blue Blazer image

Servir em

Snifter glass...
4 fl oz Dewar's 12 Year Old Scotch whisky
4 fl oz água fervente
1 colher Açúcar de confeiteiro
  • Mostrar a receita em:

Como fazer:

O drink envolve a colocar fogo em uísque e despejá-lo entre jarras de prata, criando um arco de chamas. AVISO - por favor, pratique com água primeiro para aperfeiçoar sua técnica. Faça em um piso não-inflamável e tenha equipamento adequado de combate a incêndio nas proximidades. A receita faz dois drinks. Você precisará de duas canecas banhadas em prata com alças. Pré-aquecer ambas com água fervente e colocar o uísque em uma delas e água fervente na outra. Acender o uísque usando um fósforo longo e, enquanto ainda estiver flamejante, despejar no outro recipiente. Em seguida, misture os ingredientes, despejando-os de uma caneca para a outra. Aumentar a distância entre as canecas enquanto despeja o drink, criando assim uma chama azul espetacular entre elas. Dizem que Jerry Thomas mantinha os recipientes a uma distância de um metro um do outro. Extinguir a chama cobrindo a jarra de fogo com a base da outra jarra, despejar no copo e adoçar a gosto com o açúcar.

Decoração:

Twist de limão siciliano

Comentário:

Preparo ostentação de um simples punch quente de whisky.

Origem:

Este modo de preparo espetacular foi criado pelo performático bartender Jerry Thomas, autor do primeiro livro para bartenders. Thomas era um showman. Ele usava equipamentos de bar feitos de prata pura e copos embelezados com pedras preciosas e metais. Ele entendeu a importância de fazer um show ao preparar drinks e as pessoas viajavam apenas para ver a sua "apresentação" assim como para experimentar seus lendários cocktails.

Apelidado de "Professor", devido à sua capacidade de lidar "com os pedidos mais extravagantes", Thomas desenvolveu sua assinatura, o "Blue Blazer", enquanto trabalhava no El Dorado, um salão de jogos em San Francisco durante a corrida do ouro. A lenda diz que Thomas só fazia a bebida se a temperatura exterior fosse de 10 °C ou menos. A única exceção a esta regra era se a pessoa que pedisse estivesse resfriado ou com gripe, pois o drink ajudava a aliviar os sintomas.

A história de sua criação diz que um homem grosseiro e enorme invadiu o bar durante o turno de Thomas e (citando um relato de Herber Asbury de 1928) disse: "Você aí do bar! Prepare algo pra pegando fogo pra me esquentar e queimar a moela! Thomas então começou a despejar whisky em chamas e água fervente entre dois copos". Na história de Asbury o homem bebeu o coquetel e disse: "Ele conseguiu! Queimou tudo, até a minha moela! Sim, senhor, até a minha moela!"

O presidente Ulysses S. Grant testemunhou Thomas realizar este espetáculo e, aparentemente, ficou tão impressionado que lhe ofereceu um charuto. Em seu livro de 1862 Bartender's Guide, Thomas escreveu: "um observador vendo pela primeira vez um artista experiente combinando esta bebida, naturalmente chegaria à conclusão de que era um néctar para Plutão, em vez de Baco".

×
  • Bem-vindo (a)
  • Receba atualizações com muita informaçãosobre bebidas, bares ecoquetéis
  • Por favor, confirme que você tem mais de 18 anos e insira seu email
  • Não obrigado, continue para o diffordsguide.com
CSS revision 42f8d9b