O que faz de um bar um grande bar?

Escrito por:

Serviço, decoração, atmosfera, seleção de drinques e comida, ou pelo menos porções. Todos contribuem para fazer um bom bar, mas afora isso, há inúmeras pequenas coisas que contribuem para fazer realmente um grande bar. Eis abaixo minhas sugestões. Algumas coisas parecem óbvias, mas já vi cada coisa por aí...

Serviço

Recepção
Um amigável bem-vindo na porta em vez de "Você não está na lista. Você não vai entrar, cara".

Bem-vindo (a)
Cada convidado deve ser saudado ao entrar, para que se sinta bem-vindo assim que chegar.

Bom anfitrião
É difícil se envolver em conversa com todos que estão sentados no balcão. Quando Peter Dorelli trabalhava no American Bar do Savoy, ele costumava apresentar os convidados aos seus vizinhos, para incentivar a conversa entre eles.

Serviço de mesa
Um serviço de mesa amigável e eficiente faz grande diferença. Um bom atendente observa que os copos estão vazios e lembra o quê os convidados anteriormente pediram, para oferecer outro. Da mesma forma, eles devem notar que um hóspede não está bebendo e perguntar se está a seu gosto.

Banheiros limpos
Os sanitários devem ser limpos e constantemente monitorados. Água quente e toalhas de mão são básicos. Os atendentes de banheiro, esperando para saltar com uma esguichada de sabão e uma toalha de mão, em troca de gorjeta, devem ser evitados.

Decoração

Envelheça graciosamente
Bares bem projetados melhoraram com a idade, enquanto, outros deixam bem claro que precisam de reformas constantemente, para se manter atualizado.

Minimalista ou não?
Ambientes minimalistas podem parecer ótimos, mas os bares cheios de detalhes e peças de decoração tendem a ser mais acolhedores. Pense em paredes forradas de imagens e/ou objetos que estimulam o interesse, especialmente para bebedores individuais.

Luz ambiente
Grandes bares têm luz indireta ou iluminação reduzida, sem lâmpadas claras e brilhantes.

Piso robusto
O chão de um bar não só tem que parecer bom, deve ser robusto o suficiente para resistir a líquidos e saltos altos. Assoalhos grossos de madeira são a superfície mais popular.

Estação do Bartender
Bem projetada, prática e bem definida. As estações são essenciais. Bartenders devem ter tudo dentro do alcance de um braço, sem ter que se mover.

Superfície do balcão
As pessoas gostam de se sentar no balcão, por isso, um grande bar têm muito espaço no balcão. Banquetas devem ser confortáveis, ​​com costas, braço e apoio para os pés. A altura ideal para um balcão de bar é de 111 cm e deve ter profundidade suficiente (pelo menos 25 ½ cm) para acomodar adequadamente as pernas dos convidados, para permitir que se sentem perto do bar. Isso é particularmente importante para se comer no bar.

Ganchos e tomadas
O bar deve ter ganchos em intervalos regulares sob o balcão, para bolsas e casacos. Hoje em dia, tomadas para recarregar smartphones também são muito bem-vindas e contam pontos. Se não houver chapelaria, então deve haver ganchos de casaco perto de cada mesa.

Cadeiras
Cadeiras devem ser confortáveis ​​e não muito baixas, pois são difíceis de sair. Uma mesa ou apoio para descansar alimentos e bebidas deve estar ao alcance de cada cadeira.

Boa ventilação
Essencial.

Temperatura
Deve estar sempre em um nível confortável, inclusive nos banheiros. Nem muito quente, nem muito frio.

Sinalização de banheiros
Indicações enigmáticas de gênero podem criar situações embaraçosas. A sinalização deve ser simples e ilustrada, a ponto de ser entendida em diferentes línguas.

Ambiente

Espaços vazios
Uma grande atmosfera é a coisa mais dura de se conseguir. Difícil definir, mas há bares que têm, outros simplesmente não. Grandes bares conseguem alcançar isso com relativamente poucas pessoas. Espaço vazio mata o ambiente e bares-ilha são uma ótima maneira de quebrar o espaço e criam um melhor ambiente até mesmo em bares tranquilos. Paredes falsas, que podem ser abertas para revelar mais espaço quando necessário, também são muito eficazes.

Iluminação
Veja em design, acima. Luzes fortes não criam clima.

Música
Música deve combinar com o ambiente e estar em um volume adequado ao mesmo.

Público
Frequência variada é desejável, mas o bar não pode estar lotado.

Mosca de frutas
Moscas de frutas estão fora de cogitação, denotam ambiente sujo.

Oferta de bebidas

Cevejas

• Um grande bar tem pelo menos 20 opções de cervejas na torneira e por volta de 100 na garrafa. Mas, mesmo que apenas três cervejas sejam oferecidas, a seleção deve ser variada, englobando estilos diferentes não apenas lagers.

• Cervejas devem ser servidas em copos limpos, frios e adequados para cada tipo, de preferência. Jamais servir apenas na garrafa, sem copo.

• É muito bom ver um menu de cervejas com notas de degustação e indicações de harmonização com as opções de comidas da casa.

• A cerveja deve ser servida por pessoas preparadas, com conhecimento técnico do produto. Amostras das opções em torneira devem ser liberadas.

Vinhos

• Um bar excelente tem carta de vinhos que envergonharia um restaurante 3 estrelas Michelin, mas uma dúzia de bons rótulos podem dar conta do recado. O menu deve oferecer degustações, sempre com variedades de uva e estilos. As combinações devem estender-se além de duas variedades de uva.

• A carta de vinhos deve ser bem concebida, com notas curtas de degustação e recomendações de harmonização com alimentos servidos na casa.

• Os vinhos devem ser servidos por pessoal experiente, a ponto de oferecer recomendações.

• Deve haver uma boa escolha de vinhos por copo, de preferência com um sistema Enomatic ou secularizado, para garantir que os vinhos sejam servidos no seu melhor.

Destilados

• Bares verdadeiramente bons oferecem uma grande variedade de marcas de bebidas premium, em todas as categorias, não apenas gin.

• Boas seleções incluem alguns destilados peculiares interessantes, além das opções mais óbvias.

• Todos as garrafas, com exceção das mais pedidas, devem ser mantidas bem fechadas, para evitar a evaporação e contaminação. Um bico de drenagem não sela a garrafa.

• Os melhores bares têm cartas de destilados com notas de degustação, com recomendações para aperitivos e bebidas para depois do jantar.

Coquetéis

• Todo bar de coquetéis que se descreve como tal, deve oferecer opções bem equilibradas, sempre feitos usando sucos frescos e naturais.

• Grandes bares servem os drinks com gelo de alta qualidade, moldados ou esculpidos. Eu prefiro bater e mexer meus coquetéis com cubos quadrados.

• Coquetéis em grandes bares são servidos em copos impecáveis, elegantes e refrigerados. Nenhuma taça Martini com haste em formato Z ou taças Martini enormes (5 a 7oz no máximo).

• Melhor fazer alguns coquetéis perfeitos, do que oferecer uma lista de 100 mal feitos. Muitos dos melhores bares do mundo têm menos de uma dúzia de drinks no seu menu.

• Uma seleção de coquetéis clássicos e contemporâneos, com pelo menos um coquetel de assinatura da casa.

• A carta de coquetéis deve evitar mencionar "sour mix", "grenadine" e legislação local sobre "açúcar".

• As cartas devem listar somente os coquetéis que todos os bartenders são confiáveis ​​e proficientes em fazer. "Nossos talentosos bartenders podem fazer qualquer coquetel que você pedir" é uma declaração ridícula para listar em um menu. Você já viu quantos coquetéis existem apenas neste site?

• Grandes coquetéis autorais podem construir a reputação de um bar. Exemplos: Pisco Punch no lendário Bank Exchange Bar (San Francisco), Bellini no Harry's Bar, Veneza, Bloody Mary no Harry's Bar, Paris, Singapore Sling no Raffle's Hotel, Singapura, Daiquiri no El Floridita, Havana (Cuba), Tommy's Margarita no Tommy's em San Francisco.

• Atenção às 3 grandes variáveis da coquetelaria: 1. Gelo & diluição - tamanho do gelo, gelo usado, diâmetro da mexida ou batida. 2. Precisão nas medidas - dificuldade em servir livremente ("free-pour") a fração de uma dose. 3. Qualidade dos ingredientes (especialmente xarope de açúcar & sucos).

Temperança

• Bebidas e coquetéis não alcoólicos devem estar disponíveis para motoristas, mulheres grávidas, crianças e para aqueles que querem simplesmente matar a sede.

• Um grande bar deve servir um grande café.

• Todo bar deveria servir sem custo água gelada para acompanhar drinks alcoólicos, especialmente coquetéis curtos e destilados.

Comida/porções

Acompanhamento essencial
Eu e muitos outros consideramos comida um acompanhamento essencial para o consumo responsável de álcool. Em algumas cidades como Portland, no Oregon (EUA), os bares são obrigados por lei a servir comida.

Fica!
Convidados ficam mais tempo em bares que servem comida, já que não precisar ir procurá-la em outro lugar.

O simples resolve
Um simples Club sandwich, porção de queijo e tábua de frios com um belo pão dão conta do recado.

Pra comer com as mãos
Petiscos de bar são apenas isso e não devem requerer garfo e faca.

"Chips and dips"
Todo bar deveria servir chips&dips, amendoins ou mix de castanhas.

×
  • Bem-vindo (a)
  • Receba atualizações com muita informaçãosobre bebidas, bares ecoquetéis
  • Por favor, confirme que você tem mais de 18 anos e insira seu email
  • Não obrigado, continue para o diffordsguide.com
CSS revision 66013d6