25 Julho

Dia da Mulher Negra

Escrito por Difford’s Guide Brasil

Por isso estamos bebendo...

Black Diamond

Projeto de lei da ex-senadora Serys Slhessarenko (PT/MT), proposto em 2009, foi aprovado em 2014 e homenageia Tereza de Benguela, líder do Quilombo Quariterê. Foi inspirado pelo Dia da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, criado a partir do 1o. Encontro de Mulheres Negras da América Latina e Caribe, realizado em 1992.

Em 1992, entre 19-25/07, foi realizado, na República Dominicana, o 1o. Encontro de Mulheres Negras da América Latina e Caribe. Elas debateram questões como machismo, racismo, igualdade e inclusão social.

A partir daí, ficou estabelecido 25/07 como Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, data reconhecida pela ONU.

Em 2009, a ex-senadora pelo Mato Grosso Serys Slhessarenko propôs o projeto de lei, que já havia sido discutido por diversas ativistas negras. Ele foi aprovado em 2014 e tem como símbolo Tereza de Benguela.

Tereza viveu no século 18, na região de Guaporé no Mato Grosso. Ela liderou o Quilombo de Quariterê após a morte de seu companheiro, José Piolho. Ela foi responsável pela a criação de uma espécie de Parlamento e de um sistema de defesa do Quilombo, para que as decisões fossem tomadas de forma coletiva. Seu reinado terminou em 1770, quando foi capturada por bandeirantes. A causa de sua morte é desconhecida, mas é provável o suicídio, para evitar a vida em cativeiro. Um documento da época afirma que “em poucos dias expirou de pasmo. Morta ela, se lhe cortou a cabeça e se pôs no meio da praça daquele quilombo, em um alto poste, onde ficou para memória e exemplo dos que a vissem”.

Sua luta e capacidade de organização inspira as mulheres negras brasileiras no dia a dia até hoje.

Em homenagem a Tereza Benguela e a todas as mulheres negras do Brasil erguemos um brinde com um Black Diamond.

Join the Discussion


... comment(s) for Dia da Mulher Negra

You must log in to your account to make a comment.

Report comment