10 coquetéis clássicos criados no EUA

  • 10 coquetéis clássicos criados no EUA image 1

Escrito por:

Vamos celebrar a coquetelaria norte-americana, que nos rendeu tantos ícones saborosos, como esses 10 coquetéis clássicos, vintage e contemporâneos, criados nos EUA.

Mint Julep
Um coquetel intimamente identificado com o Deep South dos Estados Unidos e famoso no Kentucky Derby, o Julep provavelmente veio para a América pela Europa, mas foi feito com whiskey assim que atravessou o Atlântico.

Manhattan
O Manhattan é um drink brilhante em todas as suas encarnações, mas a simples adição de xarope de maraschino realmente une todos os belos sabores de baunilha e caramelo encontrados no whiskey.

Cosmopolitan
Não o Cosmopolitan de 1934 com gin, mas o clássico moderno, que todos nós associamos à cidade de Nova York, onde o lendário Dale DeGroff e a série Sex and the City, da HBO, o aperfeiçoaram e tornaram moda.

Benton's Old Fashioned
Um clássico de Nova York, inventado em 2008 por Don Lee no PDT. Este Old Fashioned leva bourbon lavado com gordura de bacon. E, como os memes da internet sempre dizem, até mesmo os vegetarianos gostam de bacon.

Penicillin
Outro clássico moderno, usando whisky escocês e inventado por um australiano em um bar de Nova York. Sam Ross é um dos muitos imigrantes de Nova York e trouxe um novo estilo de coquetel de whisky para o mundo, provando que a inovação ainda existe e floresce no mundo da coquetelaria americana.

Hurricane
O que dizem ser a receita original dos anos 60, usada no Pat O'Brien's de Nova Orleans, pode ser encontrada no livro de 1998 de Jeff Berry, Beachbum Berry's Grog Log. A receita foi adaptada de uma combinação de rum e suco, que foi servida em 1939, na Feira Mundial de Nova York, no bar Hurricane.

Sazerac
O sabor redondo e único deste clássico coquetel de Nova Orleans depende de um ingrediente essencial: os aromas do Peychaud's aromatic bitters, criados por Antoine Amedee Peychaud. Chegando em Nova Orleans como um refugiado, ele finalmente criou um "American Aromatic Bitter Cordial" e o comercializou como um tônico medicinal, servindo seus bitters misturados com brandy e outros licores.

Dirty Martini
O clássico do turista americano. De pé em um bar, em qualquer parte do mundo, você quase pode garantir que, se há um pedido por um desses, será com um sotaque norte-americano.

Mai Tai
Esse veio da Costa Oeste, inventado por Victor Jules Bergeron, o famoso Trader Vic, como ele se tornou conhecido. Após abrir seu primeiro restaurante em Oakland, San Francisco, Trader Vic ficou mais conhecido por seus coquetéis tiki. A história diz que em uma noite, em 1944, ele testou um novo drink com dois amigos do Tahiti, Ham e Carrie Guild. Após o primeiro gole, Carrie exclamou: "Mai Tai-Roa Aé", que em tahitiano significa "Fora deste mundo - o melhor!". Então, Trader Vic chamou seu coquetel de Mai Tai.

Fourth of July Shot
Em primeiro lugar, assegure-se que os ingredientes estejam refrigerados. O drink depende da gravidade: o xarope de granadine é o mais pesado e, portanto, precisa ser derramado no copo primeiro. Em seguida, usando uma bailarina, cuidadosamente despeje o curaçao azul e, finalmente, a vodka por cima. Happy Fourth of July, America!

×
  • Bem-vindo (a)
  • Receba atualizações com muita informaçãosobre bebidas, bares ecoquetéis
  • Por favor, confirme que você tem mais de 18 anos e insira seu email
  • Não obrigado, continue para o diffordsguide.com
CSS revision 2c8d078