Irish Coffee

Escrito por:

Às vezes chamado de Gaelic Coffee e conhecido pelo seu nome irlandês "Caife Gaelach", o Irish Coffee é tradicionalmente servido em um copo resistente ao calor, conhecido como um copo Toddy. Feito com café coado quente, whisky irlandês e açúcar (de preferência mascavo) coberto com creme levemente batido.

Um bom Irish Coffee deve ser coberto com uma camada grossa de creme, que irá produzir um bigode no bebedor. Para garantir que seu creme flutue, em vez de mergulhar no café, mexa, agite ou misture levemente, antes de despejar no copo utilizando uma colher. Também ajuda se o creme e a colher estiverem levemente aquecidos. Adoçar o café com açúcar também amplifica os sabores do drink e ajuda o creme a flutuar.

Veja a nossa receita preferida de Irish Coffee.

Origem & história do Irish Coffee

A história das bebidas alcoólicas de café quente servidas em um copo coberto com creme remonta a meados do século XIX, sendo os exemplos mais conhecidos o Fiaker e Pharisäer, servidos em cafés de Viena, na Áustria. Na virada do século XX, variações chamadas Kaisermelange, Maria Theresia e Biedermeier-Kaffee também eram encontradas nos menus dos cafés de vienenses. A combinação de café e destilados também foi popular na França do século XIX, onde eram chamadas de Gloria.

O relativamente moderno Irish Coffee foi criado na década de 40, por Joe Sheridan, um chef que virou bartender, nascido em Castlederg, enquanto trabalhava no Porto de Foynes. Sheridan adicionou whisky ao café quente para aquecer um grupo de passageiros norte-americanos que desembarcaram de um hidroavião da Pan Am, em uma noite fria e úmida de inverno. Dizem que os passageiros perguntaram se ele estava servindo café brasileiro e Sheridan respondeu: "É um café irlandês (It's an Irish Coffee)".

Os primeiros aviões não possuíam autonomia de vôo suficiente para fazer cruzar o Atlântico partindo da Europa. A partir de 1937, hidroaviões foram usados ​​para fazer a viagem, tendo o Porto de Foynes, na costa oeste da Irlanda, como o último ponto de reabastecimento dos aviões Sikorsky S-42 e Boeing 314. O primeiro serviço sem escalas para Nova York começou em 22 de junho de 1942 e levou 25 horas e 40 minutos. Os aviões eram comparativamente primitivos e o vôo era árduo, por isso os cafés "batizados" com destilado eram muito bem recebidos por viajantes cansados ​​e com frio.

ency 37 image

O abandono da escala no porto de Foynes foi selado em 1942, com a abertura do aeroporto de Shannon, construído em uma paisagem de pantanal na margem norte do estuário. O Foynes Flying Boat Museum é tudo o que resta do antigo porto, mas a tradição de servir Irish Coffees para viajantes transatlânticos continuou no novo aeroporto. E foi aqui que, 1947, Stanton Delaplane, um viajante profissional a serviço do San Francisco Chronicle, experimentou seu primeiro Irish Coffee.

De volta a San Francisco e a um de seus bares favoritos, o Buena Vista Café, foi em 10/11/1952, enquanto Delaplane contava suas histórias de viagem para Jack Koepple, o dono do bar, que os dois começaram a tentar recriar o café irlandês de Sheridan. Apesar de inúmeras tentativas, a bebida não ficava saborosa e o creme não flutuava. Isso levou Koepple a viajar para o Aeroporto de Shannon apenas para ver como o drink era feito.

Ao retornar a San Francisco, ele continuou suas experiências e discutiu os problemas que estava tendo para o creme flutuar com o prefeito da cidade, que também era um proprietário de laticínios. Koepple descobriu que o creme ficava melhor batido e flutuava quando tinha dois dias de idade, em vez de estar fresco. Após uma novas tentativas, Koepple chegou ao método, à receita e ao copo de 6onças (~177ml) resistente ao calor ainda usado no Buena Vista até hoje, onde cerca de 2.000 Irish Coffees são vendidos todos os dias.

Variações de Irish Coffee

Com a popularização do coquetel em todos os EUA, outros destilados e licores passaram a ser usados como substitutos do Irish whiskey e uma miríada de outros coquetéis quentes de café surgiram nos menus:

ency 33 image

Amaretto Coffee - com licor amaretto liqueur
Bavarian Coffee - com peppermint schnapps & licor de café
Café Amore - com licor amaretto e brandy
Café Brulot - com conhaque, licor de laranja, pau de canela, cravos e casca de laranja e limão siciliano
Calypso Coffee ou Cafe Don Juan - com licor de café e dark rum
Chocolate-hazelnut Coffee - com licores de chocolate e avelã
Kioke Coffee - com licor de café e brandy
Maxim's Coffee - com conhaque, Benedictine D.O.M. e Galliano
Mexican Coffee - com licor de café & tequila
Nose Warmer - com café, licores Irish cream, de laranja, dark crème de cacao e de avelãs
President's Coffee - com cherry brandy e coberto com creme batido com uma colher de chá de xarope de grenadine para dar cor
Royale Coffee - com conhaque e açúcar
Spanish Coffee - com licor de café e rum

O Irish Coffee também gerou uma diversidade de coquetéis como o mesmo nome e aroma, mas frios, como:

Irish Espresso'tini
Irish Coffee cocktail

  • Irish Coffee image 1
×
  • Bem-vindo (a)
  • Receba atualizações com muita informaçãosobre bebidas, bares ecoquetéis
  • Por favor, confirme que você tem mais de 18 anos e insira seu email
  • Não obrigado, continue para o diffordsguide.com
CSS revision 2c8d078